O outro aniversário – Kronstadt

Além dos 150 anos da Comuna de Paris, temos também os 100 anos de um acontecimento muito mais sombrio na história do movimento operário: a revolta de Kronstadt.

A revolta e sobretudo a repressão contra esta foi um momento chave na rotura entre o poder bochevique na Rússia com parte significativa da classe operária e com as tendências mais libertárias; e hoje em dia, dá-me a ideia que continua a ser um dos maiores focos de divisão na esquerda mais radical, com trotskistas e anarquistas a digladiarem-se à volta disso.

Nos últimos dias, entre os meios “comunistas de esquerda” (isto é, as correntes que se colocam na continuidade das fações do partido bolchevique e da Internacional Comunista que se opuseram a Lenine pela Esquerda por volta de 1920-21, e contra as quais este escreveu “Esquerdismo, Doença Infantil do Comunismo“) tem também havido alguma discussão sobre o assunto; alguns artigos:

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s